Brecho infantil online – Site de compra e venda de roupas e acessórios infantis

Brecho infantil online
Brecho infantil online

Ebebe,  brecho infantil online

Já pensou em um site exclusivo de desapegos infantis !!

Um site aonde você possa vender o que não serve mais, recuperar parte do investimento e ainda comprar peças e produtos de excelente qualidade economizando. Sim, este site existe. Estamos lançando o www.ebebe.net.br  seu mais novo brecho infantil online

Mudança do perfil do publico de brecho infantil online 

Antigamente o publico que comprava em brechós era exclusivamente as pessoas de baixa renda, pessoa que compravam por necessidade de roupa barata. Este perfil vem mudando,  sustentabilidade é um dos assuntos mais relevantes e discutidos na sociedade atual, e em tempos de economia criativa, os brechós fazem parte de um novo modelo de consumo cada vez mais em alta.

No mercado infantil a barreira por roupas e acessórios usados é bem menor. Os pequeninos crescem rápido e, raramente, aproveitam as mesmas peças de um ano para a outro. “O adulto ainda reutiliza várias roupas, mas para criança não tem jeito, elas simplesmente não servem mais e sempre vem a necessidade  de comprar novas roupas e investir no vestuário propício para crianças, porem o valor destes itens é sempre um dilema. As pessoas estão descobrindo que é possível encontrar produtos lindos, de qualidade e…USADOS!

Brecho infantil online é uma tendência que beneficia o cliente e mostra a possibilidade de um novo ciclo de consumo é uma maneira de consumir roupas de forma mais consciente, pois além de permitir preços mais acessíveis, reduz a quantidade de matéria-prima utilizada na produção, tornando-se, portanto, uma relação na qual todos ganham: comerciante, consumidor e meio ambiente.

Em cinco anos o número de micro e pequenas empresas de artigos usados cresceu 210%  em todo o País e, atualmente, se mantém em ascensão. Em 2014, as vendas de roupas, acessórios, sapatos, móveis, utensílios domésticos e até eletrodomésticos de segunda mão representaram 95% do segmento de usados e faturaram cerca de R$ 3,6 milhões por ano.Os dados são de um levantamento do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (SEBRAE) elaborado em 2014. Segundo uma reportagem de Raimundi (2015), os brechós movimentam R$ 5 milhões por ano no Brasil, seja no formato convencional de loja física ou no formato virtual com as peças oferecidas nas redes sociais. Especialistas afirmam que o consumidor pode economizar até 300% na compra de uma peça no brechó, comparada ao mesmo produto novo.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

ebebe, como nasceu a ideia de criar este site

ebebe, brecho infantil online
ebebe, brecho infantil online

Antes de falar do ebebe vou me apresentar. Me chamo Camila, hoje sou mãe da Lívia (3 anos e 10 meses ) e do Gabriel ( 1 ano e 7 meses).

Bom, agora vamos falar de como surgiu a ideia do site ebebe.

A quatro anos atrás eu realizei um sonho, o sonho de ser mãe. Ao descobrir o sexo, uma menininha,  viajei com a minha mãe para os Estados Unidos para fazer o enxoval, fiz uma lista enorme do que eu tinha que comprar. Lá comprei, comprei e comprei, muitas roupas, muitos acessórios, muito de tudo eu achava que ela ia precisar e que tinha que ter tudo… resumindo enlouqueci. O mundo rosa é difícil, tudo tão lindo. (O azul também mas aquele era meu momento rosa)

Quando minha princesa nasceu eu comecei a ver que ela não precisa de tudo aquilo e que muitas das coisas que eu havia comprado ela nem usou. Comecei a pensar no consumismo. Quando viramos mães gastamos o que temos e o que não temos para nossos filhos. O mercado que gira em torno deste ramo é gigante.  Os preços então nem se fala, pagamos em um sapatinho o preço de um sapato de adulto com um pequeno detalhe, aquele sapatinho será usado por apenas um mês ou nem será usado.

Este consumismo começou e me incomodar, os bebês crescem rápido demais e a cada mês precisam de roupas novas, brinquedos novos, acessórios novos.  Tudo tão caro! e as que eles estão perdendo, o que vou fazer com elas? porque não vendê-las e assim eu recupero parte do que gastei, dou um novo dono as roupas e ainda ajudo o meio ambiente. Com o dinheiro compro roupas e brinquedos usados para a nova fase e por um preço muito mais acessível.

Criando assim um ciclo econômico e sustentável.

Comecei a procurar lugares de desapegos infantis mas não achei nenhum lugar bom. Não queria ir a brechós porque não tinha tempo para isto e também porque eles pagam muito pouco em cada peça, gostaria de comprar e vender em casa, pelo preço que eu estipulasse e de preferência deitada na cama. Entrei para muitos grupos de desapegos e a vender e comprar roupinhas e brinquedos para meus filhos mas achava todos estes meios muito ruins pois não eram sites e sim grupos de whatsApp ou facebook os quais não permitem uma busca e sendo assim você tem que acompanhá-los o dia inteiro. Conversando com outras mães notei que elas também tinham a mesma necessidades.

Notando esta necessidade eu vi uma oportunidade, sempre quis ter o meu negocio. Coloquei esta ideia na cabeça, pesquisei, conversei com muitas pessoas e decidi que era isto mesmo, vou criar um site exclusivo de desapegos infantis, um brecho online. Minha ideia era de lançar um site bem enxuto, o qual o cliente possa comprar e vender em poucos cliques. Como não entendo nada de programação encontrei uma empresa parceira para a criação ( O Ideia no Ar) e assim depois de muito trabalho nasceu o ebebe. www.ebebe.net.br meu terceiro sonho. Espero que este site seja exatamente o que vocês papais estejam procurando.

Obrigada, Camila Polatti Fill

ebebe, brecho infantil online
ebebe, brecho infantil online